Última mensagem

Quem Bebe da Água da CUTIA de Borracha um dia volta!

Fonte BorrachaINFO











Para quem já bebeu água em muitas fontes enchimentos ou cacimba, faltou provar da água da cutia, existe um ditado que diz  “quem bebe da água da cutia um dia volta”. Este é um ditado dos mais velhos de Borracha. A cutia é um poço artesiano cavado a mais de 50 anos segundo os mais velhos, Dona Biu Tiuma esposa de Antônio Tiuma esclarece um pouco desta historia, “este poço foi cavado por meu marido, Antônio Tiuma e seu Antônio Peixoto, eles chamaram uns dez homens para reabrir a nascente que já estava formada há muito tempo, e batizaram com o nome de Poço Montevideo ”.

Mais a nossa equipe pegou mais informações. Segundo populares o nome Cutia se popularizou porque morava um rebanho de cutia na época, quando ali era um matagal.       

vídeo abaixo
 

Reunião da (ASSECO) tirou as duvidas dos usuários

Reunião da Associação de Serviços Comunitários do Povoado Borracha (ASSECO) solicitada por Arnaldo Lourentino, conhecido como “o Coveiro de Borracha” deu inicio as 16Hs00min deste domingo (23) finalizando as 17Hs30min, esclarecendo duvidas dos usuários e sócios, muitos queria uma explicação

As cobranças solicitadas pelo o Coveiro foram: prestação de contas, linpeza de PVs e tratamentos químicos

A asseco deixou claro que estar trabalhando para melhoria da comunidade e não depende apenas da mesma, “o Povoado tem que meter a mão na massa também, ajudando em problemas de saneamento básico, limpesa de barragens, desentupir os forções e trazendo  projetos para melhorar a situação” 
Declarou Manoel Lucina, tesoureiro

O presidente José Lito, falou da ampliação do prédio, que em 1 ano e 6 meses, eles construiram sala de reunião, almoxarifado, ampliação da recepção e pinturas que muitas diretorias passaram por lá e não fizeram 30% do que estar feito hoje

“estamos trabalhando como uns loucos, usamos cloro na água, limpamos os PVs e esgotos, estamos trazendo o caminhão limpa foça e pesquisando melhorias. Ao criticar era melhor fazer ao contrário ajude-nos também, é dever de todos somos uma associação” Disse José Lito


Arnaldo saiu de cabeça erguida ao participar do descurso, e tirou suas duvidas.    






 

Novo Studio do Blog BorrachaINFO

Studio
O Blog BorrachaINFO montou um novo Studio, porem falta
alguns recursos para melhorar a qualidade de imagem e áudio, para concluir o projeto.
O Studio ajudara a comunidade a se expressar diante da internet e das redes sócias,
mostrando os fatos ocorridos do dia-dia, tirando duvidas, entrevistas, documentários,
eventos, ações sociais, município entre outros.
É só acessar e entrar em contato através dos endereços:

facebook: Andrevinhetas

                                               vídeo 

 

Asseco de Borracha convida consumidores para esclarecer duvidas ( Apedido de Arnaldo Lourentino - "o Coveiro")

ASSECO
A Associação de Serviços Comunitários de Borracha comunica que haverá uma reunião neste domingo (23) do 11, as 15hs00 no prédio da Associação.

A pedido do Senhor Arnaldo Lourentino da Silva, conhecido como
“o Coveiro de Borracha”. Representando os sócios e usuários desta localidade, para esclarecer duvidas e falar de assuntos do interesse de todos, e contaremos com a presença da central (UNASCOP), Conselho de Desenvolvimento entre outras entidades.

As cobranças solicitadas são:
- Prestação de contas
- Limpeza dos PV’s
- Tratamento químico entre outros

Desde já contamos com sua presença, agradece a Diretoria da ASSECO!  
 

Fundador das Casas Bahia, Samuel Klein morre aos 91 anos em SP

Samuel Klein, o fundador da rede de lojas de departamento Casas Bahia, morreu na manhã desta quinta-feira (20) em São Paulo. Ele estava internado há 15 dias no Hospital, Albert Einstein. O corpo foi velado no Cemitério Israelita do Butantã, onde o enterro ocorreu no começo desta tarde.
Samuel Klein havia completado 91 anos em 15 de novembro. Polonês naturalizado brasileiro, ele deixou a Europa durante a Segunda Guerra Mundial e se estabeleceu em São Caetano do Sul, no ABC.
Nascido em Lublin em 1923, ele foi o terceiro de nove irmãos. Chegou a ser preso aos 19 anos pelos nazistas e enviado com o pai para o campo de concentração em Maidanek, na Polônia, enquanto a mãe o cinco irmãos foram exterminados no campo de Treblinka.
Na década de 1950, Samuel Klein começou a vender roupas de cama, Mesa e banho de porta em porta pelas ruas de São Caetano do Sul. Em 1957, ele comprou sua primeira loja na cidade, e a batizou de Casas Bahia em homenagem aos imigrantes nordestinos (Foto: Divulgação/Casas Bahia)
G1.com
 

Ônibus movido a fezes faz estreia na Inglaterra

Bio-Bus
Gasolina, álcool, biodiesel ou energia elétrica... Os veículos que circulam pelas ruas de todo o mundo utilizam diversos combustíveis (com exceção da energia elétrica, que não é considerada um combustível) e nem todos eles são disseminados. Um exemplo disso está no Bio-Bus, um ônibus coletivo que faz a sua estreia nas ruas de BRISTOL(Inglaterra) de um modo bem inovador.
O Bio-Bus não utiliza os materiais que já estamos acostumados a ver nos veículos, mas sim gás biometano. Isso significa que ele é movido graças à energia gerada pela combustão de um material obtido na decomposição de lixo orgânico, esgoto e... Fezes. Com uma carga COMPLETA desse biogás, o Bio-Bus pode viajar até 300 quilômetros com sua lotação máxima de 40 pessoas sentadas.
Segundo a empresa responsável pelo ônibus, CERCA de 10 mil passageiros devem utilizar o serviços dele por mês — sendo que a linha opera entre o aeroporto de Bristol e a cidade de Bath — um nome de cidade que garante um ótimo trocadilho, diga-se de passagem. Vale dizer que por lá, o ônibus vem sendo chamado de “ônibus do cocô”, apesar de não haver qualquer cheiro nele.
Tec Mundo

 

Brasil tem 155 mil pessoas em situação de escravidão, diz ONG

Quase 36 milhões de homens, mulheres e crianças – 0,5% da população global – vivem em situação de escravidão moderna no mundo, segundo levantamento divulgado nesta segunda-feira pela organização de direitos humanos Walk Free Foundation.
O Brasil, apesar de ter um dos menores índices de escravidão do continente americano (atrás de Canadá, EUA e Cuba), ainda abriga 155,3 mil pessoas nessa situação, que abrange desde trabalho forçado ou por dívidas, tráfico humano ou sexual até casamentos forçados, em que uma das partes é subserviente.

“Depois da Europa, o continente americano é a região com a menor prevalência de escravatura moderna no mundo. Ainda assim, cerca de 1,28 milhão de pessoas (no continente) são vítimas de escravatura, na sua maioria por meio do tráfico sexual e exploração laboral, (sobretudo) trabalhadores agrícolas com baixas qualificações e elevada mobilidade”, diz o relatório.
“Um dos principais fatores na região são as fortes tendências migratórias transnacionais, que levam pessoas vulneráveis a abandonar seus lares em busca de trabalho. As condições de trabalho são muitas vezes deploráveis e podem incluir servidão por dívida, confinamento físico, ausência de dias de descanso, falta de água potável, retenção de salários e horas extras ilegais, muitas vezes sob ameaça de deportação.”
Não surpreende, portanto, que o empobrecido Haiti lidere o ranking da região: 2,3% de sua população vive em condições de escravatura moderna, segundo o Índice Global de Escravatura.
O relatório destaca que o Brasil está entre os países com “respostas governamentais mais firmes” contra o problema, ao encorajar as empresas a pressionarem pelo fim do trabalho escravo nas diversas etapas de sua cadeia produtiva.

Dados mais completos

Índia, China e Paquistão são os países do mundo com o maior número absoluto de pessoas escravizadas (14,2 milhões, 3,24 milhões e 2 milhões, respectivamente), mas o trabalho escravo foi identificado, mesmo que em pequena proporção, em todos os 167 países incluídos no índice.
“Existe a ideia de que a escravatura é um problema do passado ou que só existe em países assolados pela guerra e pela pobreza”, diz no relatório Andrew Forrest, presidente da Walk Free. “Essas conclusões mostram que a escravatura moderna existe em todos os países. Somos todos responsáveis pelas situações mais atrozes onde a escravatura moderna existe e pela miséria que causa a nossos semelhantes.”
O número total de escravos no mundo – 35,8 milhões – calculado pelo Índice Global de Escravatura é 20,1% maior do que o medido em 2013, primeiro ano em que a pesquisa foi realizada. Mas, segundo a Walk Free, isso não reflete um crescimento no número de pessoas escravizadas, mas sim a aperfeiçoamentos na obtenção de dados e na metodologia do levantamento.
A estimativa é superior à feita pela Organização Internacional do Trabalho, que calculou que 21 milhões de pessoas eram vítimas de trabalhos forçados em 2011.
A Walk Free aponta que os maiores desafios na erradicação da escravidão moderna estão na África e na Ásia. A Rússia, porém, é o quinto país com o maior número de escravos (1 milhão) – acredita-se que muitos trabalhadores migrantes da construção civil e da agricultura trabalhem em condições subumanas no país.
A Mauritânia (noroeste da África), por sua vez, é o país com a maior proporção de escravos (4%) do mundo.
O relatório da Walk Free pede mais cooperação internacional no combate a essas práticas: que governos aumentem as punições ao tráfico humano e pressionem a iniciativa privada a combater o trabalho forçado ou indigno em suas cadeias produtivas.
http://www.bbc.co.uk/

 

Acidente gravíssimo na curva do sabão deixa 2 mortos e 2 feridos próximo a Siriji - PE


Duas motos se chocam de frente (16), as 17h00min, pelo menos deixando dois mortos e dois feridos. Os feridos tiveram fratura exposta e não corre risco de vida. Uma das vítimas que morreu trabalhava na empresa Que Delicia uvas de seu “Valdim” na chã do esquecido, ele era casado com a professora Andreia Farias e irmão de Marli ES candidata do conselho tutelar

A outra vítima que morreu no acidente é da cidade de Macaparana – PE, conhecido como Marcelo irmão de “Zeca” filho de “Mané Mota.” 

Segundo as informações do blog Pedra Fina Notícias 





 

Proprietária do Vicência Hotel sofre acidente

Acidente na PE 74 - KM 10, perímetro urbano em Vicência - PE envolveu uma Frontier e um caminhão que transportava cana.

A colisão aconteceu no início da madrugada deste domingo(16) por volta de 1h30. A proprietária do Vicência Hotel e Restaurante, Sandra Jerônimo conduzia a Frontier de placa PFZ 9719 em direção a sua residência, após ter fechado o estabelecimento comercial, quando aconteceu o choque na lateral do caminhão.

A polícia esteve no local para averiguações e registro. Sandra encontra-se em sua residência com pequenas escoriações e passa bem enquanto o motorista do caminhão nada sofreu.

Por telefone conversamos com o esposo de Sandra (Joaquim) que confirmou que tudo está tranquilo e ela está repousando. 

( fonte Djalma Lopes)


 
 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2011. BorrachaINFO - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger